Obrigado pela sua visita!

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Faz um poema ao meu blog!

Bem, isto começou com uma simples ideia e teve um sucesso quase imediato, pelo que me vejo na obrigação de agradecer a todos quanto publicaram os poemas que dediquei aos seus blogs! Está criado o movimento «Faz um poema ao meu blog»! Uma coisa nova na Blogosfera para desanuviar e trazer coisas bonitas e especiais. Por tudo isto ficam os links completos de todos os que já aderiram a este movimento no seu próprio blog:
Vou actualizando este post há medida que forem aderindo mais blogs, de qualquer forma se não figurar aqui avisem. Estejam atentos à vossa caixa de email que podem ter, se calhar, uma surpresa. Em calhando podem enviar-me um email que tento fazer um poema ao vosso blog com muito gosto e satisfação. A todos os que já aderiram, ou simplesmente guardaram o seu poema o meu agradecimento!


25 comentários:

  1. Foi com surpresa, confirmo, que ontem abri a caixa de e-mail e deparei com o poema da Pipoca Arrumadinha. Muito obrigada pela generosidade e simpatia.
    Eu não conseguiria fazer igual, sou péssima com rimas.

    ResponderExcluir
  2. Com a paciência das pessoas antigas, espero que me toque um jeitosinho :)

    ResponderExcluir

  3. Gostamos muito de si, sim ??!!!

    Poema em hora de ponta

    Eu venho tratar de um ponto
    Que não é de interrogação
    Porque aquilo que aqui conta
    Aquilo que aqui se aponta
    É a importância do ponto
    Do ponto de exclamação!!!!

    Impressivo, assertivo, expressivo
    Bem tónico e sempre alerta
    Deixou tanta boca aberta
    Despertou tanta descoberta.
    Fez muita perturbação!!!!
    O ponto de exclamação
    Tinha aquele jeito exclusivo
    Nem frágil nem indeciso
    De ser sempre conclusivo
    Sem nunca dar conclusão.

    Todo o comentário vibrava
    Com uma grande animação
    E mesmo uma só palavra
    Bem-sonante pontuava
    Porque apenas lhe bastava
    O ponto de exclamação!!!!!

    Marca de imagem intrigante
    Divertida e confiante,
    O ponto de exclamação
    Sem descanso nem desconto
    Foi arrumado sem conto
    Para nossa admiração!!!!!!!!!

    Obrigada, sim !!!
    La Tâche

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom um grande espectáculo agora espero o seu blog para breve muito agradecida sim!

      Excluir

  4. Pipoca Arrumadinha
    É ela que se diz
    Queria ver os seus armários
    Para compravovar tal "perfiz"

    Pronto, inventei uma palavra só para a agradar. Espero que goste :)

    ResponderExcluir
  5. Os poemas estão simples (ao contrário das unhas exceptuando as últimas) mas muito engraçados (estou a utilizar palavras que costumam ser suas, mas é o que me ocorre.)! Gosto do seu sentido de humor (dos posts "para pensar com muita calma"). E admiro o seu bom feitio, mas principalmente a sua perseverança. Boa sorte! H.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom um anónimo daqueles realmente simpáticos tudo de melhor para si e volte sempre que lhe apetecer sim!

      Excluir
  6. só há pouco leio o seu blog,
    de-modos-que não sei que escreva;
    até porque da recente confusão
    (eu) não percebi peva.
    no entanto aqui comento
    arriscando uma (pequena) rima,
    que nada acrescentando,
    será do tipo 'não-f*d*-nem-sai-de-cima'.
    sendo assim é melhorar parar
    ao invés de escrever palavras à toa,
    despeço-me com um bem-haja
    e saúdinha-da-boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom um grande poema volte sempre que lhe apetecer sim!

      Excluir
  7. Talvez um dia tenha a honra de um 😉!
    www.mypinkshoesxoxo.blogspot.pt
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Gostei tantoooo
    Muito Obrigada Pipoca Arrumadinha, eu cá não tenho mesmo jeitinho nenhum para poemas :):)

    Sónia
    Taras e Manias

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito!!!! Muitoooo obrigada Pipoca Arrumadinha :)))
    www.mypinkshoesxoxo.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  10. Oh que coisa
    Mas que raio
    Apareceu-me hoje no mail
    Comentário imaginário

    É que estava descansada
    Desde Junho encostada
    Nas palavras escrevinhadas
    Em tempos numa alvorada

    Hoje de novo apareceu
    A Picoca Arrumadinha
    Não percebi patavina
    Pois que sim, aconteceu

    É que Junho já vai longe
    Tanta coisa mudou
    Começa na teperatura
    Que, tadita, baixou


    (beijinho Pipoca Arrumadinha)

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...